faz-mal-harmonizar-nome-gostoso

Vinho e Sorvete: Experimente Estas Combinações Deliciosas!

faz-mal-harmonizar-nome-gostoso

Não sei vocês, mas quando pensamos em harmonização de comida com vinho sempre acabamos indo para o lado salgado da coisa, não sei porque.

Talvez seja pelo fato da maioria dos rótulos combinarem principalmente com pratos salgados.

Mas, como se sabe, existem sim, vinhos que caem como uma luva em harmonizações doces.

Aqui o nosso foco será em como combinar essa bebida com uma das sobremesas preferidas dos brasileiros – e provavelmente do mundo: o sorvete.

Contudo, que tal aprender a como fazer um sorvete de vinho antes das dicas de harmonização?

Qual é a receita do sorvete de vinho?

Para fazer o seu sorvete de vinho você vai precisar de:

  • Uma garrafa de vinho tinto da sua escolha;
  • 250 mililitros de leite integral;
  • 150 gramas de açúcar refinado;
  • 30 mililitros de creme de leite fresco;
  • Quatro gemas de ovo;
  • Canela em pau, a gosto.

Com os ingredientes em mãos, você vai ferver o vinho juntamente com a canela em pau.

Faça isso em fogo baixo até que o volume diminua.

Você vai perceber que a bebida vai ficar mais espessa, quando isso acontecer, retire a canela e deixe a bebida de lado.

Agora, aqueça o creme de leite e o leite juntos, até que ambos fiquem com uma consistência bem parecida com um creme.

Reserve!

Em outro pote, bata o açúcar refinado junto com as gemas de ovos até que a mistura dobre de volume.

Junte esse chantilly com o leite e o creme de leite, leve ao fogo baixo até que você consiga uma consistência mais grossa. Fique atento para que este não ferva.

Agora, espere esfriar e junte essa mistura com o vinho fervido com a canela.

Misture tudo muito bem e leve para a geladeira por, no mínimo, três horas.

Para conseguir uma consistência mais cremosa, mexa o sorvete algumas vezes antes dele congelar.

Aí é só servir com uma calda a seu gosto.

Quais as principais características para harmonizar vinho com sorvete?

Assim como nos pratos salgados, você vai escolher o vinho ou espumante de acordo com o sabor do sorvete.

Por exemplo, o chocolate amargo combina muito bem com Porto e Tawny e assim por diante.

Abaixo separamos algumas combinações, confira!

Sorvete de creme e petit gâteau

Podemos dizer que essa sobremesa é um verdadeiro paraíso: sorvete de creme com petit gâteau.

Para essa combinação dos deuses você pode apostar em rótulos brancos, isso porque este é um vinho intenso, com sabor de ameixa, pêssego em calda e damasco, além de notas de mel, proporcionando uma combinação perfeita.

Outro ponto que você deve se atentar é para os vinhos de sabor persistente.

Essa característica facilita a harmonização com a calda quente de chocolate presente nessa sobremesa.

Sorvete e salada de frutas

Se você adora salada de frutas então a sua melhor opção são os rosés com notas desses mesmos frutos.

Por causa da semelhança de sabores, harmoniza bem com sorvete e salada de frutas.

Na hora de escolher o seu rosé, prefira os mais leves, frutados, frescos e com uma doçura média, isso vai oferecer um bom equilíbrio entre o doce e a bebida.

No sabor chocolate amargo

Como já falamos anteriormente, o par perfeito para o seu sorvete de chocolate amargo é um vinho do tipo Tawny ou Porto.

Ambos têm um teor alcoólico bem alto capaz de neutralizar a cremosidade desse sabor.

É uma excelente opção por ter uma potência similar na boca.

Além de ir bem com sorvete de chocolate amargo você também pode apostar nestes rótulos para acompanhar versões de caramelo salgado e castanhas diversas, pois oferecem um excelente equilíbrio entre amargor e doçura.

De morango

Para acompanhar os sorvetes de morango, que é uma opção frutada e fresca, aposte novamente nos rosés.

Isso porque ambos têm uma potência muito similar.

A combinação entre os dois cai como uma luva para os dias quentes, onde esses ambos vão se combinar perfeitamente.

Com sabor de banana

Apesar de não ser o sabor mais comum, o sorvete de banana existe e é muito apreciado.

Aliás, ele tem uma vantagem: você pode fazer o seu em casa, o que é ainda melhor pois evita os elementos hidrogenados que costumam vir em versões vendidas no mercado.

Como o sorvete de banana é uma alternativa leve, ele combina perfeitamente com espumante do tipo moscatel.

O gosto frutado desse rótulo vai valorizar ainda mais o sabor do sorvete no paladar.

Prefira, principalmente, espumantes com notas de frutas cítricas e tropicais.

Essa combinação oferece uma junção bem interessante ao paladar.

Ah, uma boa pedida é você adicionar um crumble de maçã, isso deixará a harmonização ainda mais perfeita.

Sorvete de frutas vermelhas

Para os amantes de sorvete de frutas vermelhas a combinação perfeita se encontra na garrafa de um tinto encorpado, com sabor de cereja e groselha preta.

Suas duas opções são: Cabernet Sauvignon e um Merlot.

Sorvete de sabores cítricos

Quer achar o companheiro perfeito para acompanhar aquela taça de sorvete de limão ou abacaxi?

Então pode apostar em um Pinot Gris.

É um rótulo mais leve, de sabor seco e com um toque de limão.

Ou seja, a harmonização vai ser por semelhança de sabor entre bebida e sobremesa.

De baunilha

Se você quer complementar o seu sorvete de baunilha, uma boa opção é juntá-lo com churros.

A partir daí você pode optar por vinhos brancos, principalmente aqueles feitos com uvas Chardonnay.

Este rótulo é ideal para amenizar o sabor de fritura do churros, isso porque é um vinho com uma acidez bem alta.

Prefira as opções com notas de baunilha, assim você consegue uma harmonização por semelhança de gostos, tanto da bebida quanto da sobremesa.

Agora, se você quer comer o sorvete de baunilha sozinho, opte por espumantes italianos prosecco.

Por ter perlage, as bolhas, ele vai ajudar na degustação, trazendo frescor ao paladar, além de fazer uma limpeza neste.

Prefira aqueles com aromas de frutas cítricas tropicais e maduras e que seja elegante, fresco e leve no paladar.

O prosecco também combina com sorvete de passas ao rum.

O que não combina com sorvete?

Assim como a maioria das harmonizações, sempre vai ter algum detalhe que não combina com esse tipo de comida.

Nesta situação, você deve evitar, a todo custo, vinhos com muitos taninos.

Essa é uma característica difícil de “domar” na harmonização.

Apesar da adstringência ser a responsável por dar textura, corpo e complexidade ao vinho, ela acaba se tornando uma vilã em algumas situações.

Os taninos combinam bem com carnes gordurosas, isso porque esse elemento tem o poder de limpar a gordura do paladar. Mas quando ele é combinado com o sorvete, a única coisa que ele faz é deixar um gosto amargo na boca.

Especialistas que chegaram a provar um vinho seco e tânico com sorvete disseram que a experiência foi horrível por conta do amargor e pelo sorvete acabar apagando as características do vinho.

Sendo assim, na hora de fazer sua harmonização entre vinhos e sorvetes evite os rótulos ricos em taninos.

E com relação a temperatura?

Bom, teoricamente ambos são elementos que são servidos bem gelados, o vinho nem tanto – dependendo do tipo, é claro -. Mas o ideal é que pelo menos um não esteja tão gelado, pois uma temperatura muito fria diminui os sabores, tanto da bebida quanto da sobremesa, isso porque o paladar acaba ficando “entorpecido”.

O recomendado é que você sirva a sobremesa em temperatura ambiente.

É isso mesmo!

Talvez aqui no Brasil não funcione tanto, afinal de contas, somos um país tropical.

Mas a dica é deixar o item amolecer um pouco, assim você poderá sentir melhor os sabores.

Outro dica é esperar sete segundos entre a colher de sorvete e o gole de vinho.

Doce com doce combina?

Sim! O segredo nesse tipo de harmonização é pegar um vinho mais doce que o sorvete.

Mesmo parecendo uma dose exacerbada de doçura, pode confiar que dá certo.

Na verdade, o que não dá certo aqui é você pegar um rótulo seco.

O vinho seco fica mais adstringente e amargo quando combinado com algo doce. Mas, como tudo nessa vida, tem exceções.

Se por um acaso você tem um elemento salgado no seu sorvete, aí você pode apostar em rótulos secos, como Riesling.

Ele vai bem com sobremesa sabor de chá verde ou queijo de cabra.

Conclusão

A combinação entre sorvete e vinho parece bem improvável, ainda mais se pensarmos que ambos são itens doces, mas como deu para perceber, não só é provável, como acontece.

O segredo, como na harmonização com pratos salgados, é escolher o vinho certo para cada sabor. Se você souber fazer isso vai perceber como essa combinação pode ser extremamente saborosa e refrescante.

Imagine você sentado à beira da piscina com um belo copo de vinho e um potão de sorvete?

Se melhorar, estraga!

Agora é só você seguir nossas dicas e provar essa combinação para lá de excepcional.

Referências:

https://www.winemag.com/2021/08/05/wine-ice-cream-pairing-tips/

https://spoonuniversity.com/lifestyle/wine-and-ice-cream-pairings