Gastronomia

Qual é o Modo de Preparo de Panqueca com Vinho Frisante?

panqueca-vinho-combina-frisante-combina-harmonização

Existem alguns pratos que são tradição dentro de casa, como é o caso da panqueca. Ela provavelmente deve te trazer uma lembrança boa de algum momento da sua vida, certo?

Mas muito além de reviver boas memórias de um passado já um pouco distante, sem dúvida nenhuma que a panqueca é a queridinha na cozinha pois ela é aquele tipo de comida que quem prepara as refeições, ama: é gostosa e rápida!

A receita é simples e leva poucos ingredientes, como leite, ovo, farinha de trigo e sal. Aí é só colocar em uma frigideira redonda, fritar e praticamente está pronta!

Outro ponto positivo desse prato é que você pode fazer o recheio que quiser. Tem os clássicos com frango ou carne, mas também tem as versões com chocolate, uva passa, salada de fruta, mel e frutas desidratadas. E, é claro, que a possibilidade de você não seguir nenhuma receita e fazer o recheio que quiser é igualmente válida.

Definitivamente é um prato bem versátil e vamos saber mais da sua história, receitas e dicas a seguir.

Qual é a origem da panqueca?

Segundo alguns estudos arqueológicos, esse prato já estava presente no cotidiano dos moradores da pré-história. Neste período, os primeiros habitantes da terra faziam uma mistura com ovos, leite e cereais moídos, e fritavam esses ingredientes na superfície de uma pedra.

Apesar de ter uma receita padrão, é óbvio que existem outras versões em cada país. Por exemplo, em alguns lugares é comum substituir o leite por água. Já em três regiões da França, Alsácia, Bretanha e Nord-Pas de Calais, eles preferem usar cerveja.

E não para por aí, é muito comum a troca da farinha de trigo pela de mourisco, especificamente em Auvérnia e Limousin. No México utiliza-se milho; na China, farinha de arroz.

O mesmo acontece na Índia, que usa Dosa. A Provença prefere o Cade e em Niece, se adicionar a Socca. Além dos ingredientes, obviamente que as medidas e as proporções de cada item torna cada uma dessas panquecas únicas.

Depois de escolher o recheio, vem a parte final, que é dobrar a massa, e até nisso cada local faz de uma forma. O modo tradicional é enrolar a panqueca, dando um formato de rolo para ela. Mas em outros locais ela pode ser dobrada em quatro, ficando com uma aparência de um lenço.

Os chefs da cozinha moderna gostam de ir além e fazem com a massa bolsas ou cestinhas elegantes.

E dentro dessas diferentes formas de preparo, proporção, ingredientes e recheios, você sabia que existe uma panqueca feita com espumante?

Por que fazer o preparo de panqueca com vinho frisante?

Pois é, nesta receita, o espumante vai muito além de ser um companheiro na taça, ele também está presente na receita. E pode parecer estranho, mas a experiência será única.

O resultado de implementar a bebida na receita é uma panqueca com um toque cítrico e picante do espumante, com um sabor doce de açúcar e frutas vermelhas cítricas também da bebida.

Além do mais, é uma forma de você variar e sair um pouco do tradicional. Afinal de contas, quem não gosta de provar algo novo?!

Qual é a receita?

A receita é basicamente a que conhecemos, confira logo abaixo.

Quais são os ingredientes da massa?

Para a massa você vai precisar de:

  • Um ovo;
  • 175 gramas de farinha de trigo;
  • 250 mililitros de leite;
  • 150 mililitros de espumante da sua escolha.

Quais são os ingredientes do recheio?

Já para o recheio, você vai precisar apenas de:

  • Açúcar a gosto;
  • Um limão.

Como é o modo de preparo?

O preparo é basicamente o mesmo da versão tradicional. Primeiro você vai adicionar em um recipiente a farinha, leite e o ovo, aí é só bater tudo até que esses ingredientes virem uma massa bem homogênea.

Algumas pessoas preferem fazer essa parte no liquidificador, que é mais prático. Mas fica ao seu critério.

Logo em seguida, acrescente a medida do espumante que você escolheu. Essa receita que estamos passando foi feita com um Zlata Radgonska Penina Selection Brut 2016, da Radgonske Gorice, uma produtora de espumantes na Eslovênia. Mas você pode escolher um rótulo da sua preferência.

Agora é só misturar até que o espumante se integre na massa. O próximo passo é aquecer uma frigideira com um pouco de óleo ou azeite, até que fique bem quente.

É importante adicionar esse item pois assim você impede que a massa grude na frigideira. Não esqueça de adicionar mais óleo ou azeite sempre que você achar necessário.

Em seguida, com o auxílio de uma concha, despeje o líquido e incline a frigideira para que a massa espalhe por toda a superfície da panela. Não precisa ser muito, pois a massa tem que ser fina.

Deixe cozinhar por cerca de um minuto, aí é só virar e deixar o outro lado cozinhar também por um minuto. Fique de olho para não deixar o fogo muito alto e queimar a panqueca.

Aí é só fazer quantas quiser. Terminado o processo, sirva com o açúcar e o limão, este é o recheio.

Como o espumante Radgonska está sendo usado nessa receita, você provavelmente vai sentir um gosto de coalhada de limão e frutas verdes, proveniente da bebida, além do doce do açúcar e o cítrico do limão, tornando-se uma combinação bem saborosa e refrescante.

Conclusão

Como dito, uma das vantagens da panqueca, além de ser uma comida rápida e super saborosa, é que você pode ousar no recheio.

Que tal fazer algumas opções com legumes cortados, camarão, carnes refogadas ou cozidas, queijos e espinafres? Particularmente, apreciamos muito de uma feita com queijo, presunto e bacon.

Aí é só colocar a criatividade em prática e adicionar seus ingredientes preferidos.

Ah, e claro, não deixe o espumante para usar apenas na receita da panqueca, ele é uma ótima opção para harmonizar com este prato também. Aliás, outro ponto positivo desse prato: ele combina com todos os tipos de vinho.

Além do espumante, você pode optar por um tinto ou um rosé se o recheio da massa for com carne e molho vermelho. Para queijo ou frango, o vinho branco é melhor.

Agora é só fazer e se deliciar com essa receita!

Referência:

https://glassofbubbly.com/making-pancakes-with-sparkling-wine/

Se gostou, por favor nos ajude e compartilhe!