Curiosidades

Vamos Aprender Todas as Características da Grappa Italiana?

preço-sabor-marca-melhor-cocktail-brandy

No celular gire a tela para ver a tabela completa

PosiçãoGrappa ItalianaPreçoOnde Comprar
1Aguardente MioloR$90,00Ver
2Tradicional ChesiniR$77,00Ver
3Storia MerlotR$95,00Ver
4Fuoriclasse BarriqueR$156,15Ver
5Imperiale Di MalvasiaR$110,58Ver
6Stradivarius Moscato ItalcoralR$278,00Ver

Existe uma característica da gastronomia que muitas vezes passa despercebido já que é algo comum: a versatilidade dos alimentos. Por exemplo, a uva, com ela você pode fazer inúmeros pratos e bebidas. A começar pelo vinho, que pode ser tinto, branco, rose, do porto, verde, espumante, e por aí vai.

E não podemos nos esquecer, é claro, da grappa italiana. Você já ouviu falar sobre essa bebida?

O líquido, como o próprio nome já diz, é um alcoólico feito basicamente com os restos da uva que não são usados na vinificação, ou seja, as sementes, bagaço e os talos da fruta.

A grappa é um licor que existe desde a Idade Média, apesar da sua história ter origem mais antiga.

Qual é a sua origem?

Chamada de elixir da Itália, a grappa teve sua origem durante a idade Média – apesar da técnica de destilação já ser mencionada ainda na Mesopotâmia, 800 anos antes de Cristo – época em que a destilação tornou-se comum no país.

Era uma bebida comumente consumida pela população mais pobre do país.

Qual é a história da Grappa Italiana?

Um fato interessante é que naquela época, a bebida criada por meio desse processo não era um líquido para fins prazerosos. Na verdade, os destilados de vinhos eram medicamentos, que ajudavam os pacientes com a digestão e até mesmo para estimular a socialização.

A primeira pessoa a escrever sobre a destilação da Grappa foi a doutora Michele Savonarola. Ela escreveu um tipo de manual chamado: Sobre a Arte de fazer aquavita (De Arte Confectionis Aqua Vitae) – Aquavite ou vitae é o nome latino da bebida.

Nele, Michele descreve os três tipos diferentes de líquido consumidos na Itália do Século XV: o aquavita simples, o comum e a quintessência.

E mesmo já sendo apreciado por alguns como uma bebida, demorou alguns séculos até que a grappa perdesse esse status ambíguo de medicamento e alcoólico.

O ponto de virada para isso ocorre somente no século 17, quando surge a primeira Corporazione Degli Acquavitieri, em Veneza.

A criação de uma associação para regulamentar a produção da bebida se deu justamente pelo fato do consumo da Grappa ter se tornado recorrente como um alcoólico, principalmente no lado nordeste da Itália, onde até hoje é a região que mais produz o líquido.

Já no século XIX, a bebida ganhou o nome que conhecemos hoje: grappa. Até então ela era chamada de aquavita. A palavra grappa é derivada de grappolo ou grapa, que significa cachos de uvas.

E sabia que apenas a grappa produzida na Itália pode ser chamada assim?

As que são fabricadas em outros lugares recebem o nome de destilado do vinaccia ou acquavite di vinaccia.

Como ela é feita?

Como dito, a grappa é feita com os restos da uva que não são usados no vinho, como as cascas, sementes e talos. Esses itens são colocados a uma baixa temperatura, onde se mistura o álcool com os pedaços da fruta. Em seguida, ocorre a evaporação, resultando em uma bebida destilada e potente.

E ponha potente nisso, após esse processo, a bebida fica com um teor alcoólico que pode chegar até 54%. É por este motivo, inclusive, que as taças para esse líquido são pequenas, justamente para você consumir pequenas doses.

Após a evaporação, a aguardente é armazenada na garrafa ou em barris de carvalho, onde vai passar seis meses. Quanto ao sabor da bebida, pela própria produção dá para perceber que não é um item tão saboroso quanto um vinho, por exemplo, mas isso vai depender muito do tipo de uva usada e do método de fabricação utilizado pelo produtor.

De forma geral, é um alcoólico seco e potente. Mas dependendo da produção, que hoje conta com técnicas mais modernas, os produtores conseguem facilmente produzir uma grappa mais delicada. Em alguns casos, os comerciantes chegam a adicionar um tipo de xarope ou mesmo ervas com o intuito de deixar a aguardente mais doce.

Qual o seu teor alcoólico?

Altíssimo! Para quem está acostumado com o teor alcoólico do vinho, que na grande maioria dos rótulos fica entre 10% a 15%, você pode se assustar com a grappa.

Essa aguardente pode chegar a incríveis 54% de teor alcoólico. Por isso, cuidado na hora de consumir a bebida.

Quais são os diferentes tipos da Grappa?

Ao todo, existem cerca de nove tipos diferentes de grappa. O jovem, affinata – maturada em madeiras -, Giovane aromática, affinata em Legno, Riserva ou Stravecchia, Vecchia ou Invecchiata, Invecchiata aromática, Di vitigno e Aromatizzata.

Quais são as suas classificações por regiões da Itália?

A grappa é classificada de acordo com a variedade e estilo da uva, assim como pela região onde ela foi produzida. Normalmente também é colocado no rótulo se foi envelhecido e o sabor da bebida.

As regiões mais conhecidas são:

  • Grappa de Barolo;
  • Piedmont;
  • Friuli;
  • Trentino;
  • Veneto;
  • Alto Adige;
  • Marsala;
  • Sicília.

Qualquer garrafa que seja de uma dessas regiões deve ser feita com uvas locais e precisa ter pelo menos 40% de teor alcoólico.

Já aquelas que não são dessas áreas, devem contar com pelo menos 37,5% de álcool. Além disso, quando a grappa é feita com o resto da produção de algum vinho, ela pode levar o nome deste, como Chianti, Amarone, DOC.

Quais são os estilos da bebida?

Grappa Giovane Aromática

É uma grappa com aromas advindos de videiras aromáticas ou semi aromáticas, como Sauvignon, Moscato, Müller Thurgau, Traminer, entre outras.

Grappa Giovane

Uma bebida apenas com aromas das vinhas e da fermentação da uva, melhor dizendo, dos restos da fruta.

Grappa Affinata em Legno – envelhecida em madeira aromática

Feita com vinhas aromáticas ou semi aromáticas e envelhecida em madeira.

Grappa Affinata em Legno – envelhecida em madeira

Aqui, a grappa é envelhecida em madeira, mas por um curto período. Esse processo só é feito para que o rótulo seja designado como envelhecido de acordo com as leis da associação da bebida.

Grappa Vecchia ou Invecchiata

Esse tipo de grappa passa por um envelhecimento de no mínimo um ano.

Grappa Invecchiata aromatica

O mesmo do anterior, mas a bebida advém de uvas aromáticas ou semi aromáticas.

Grappa Riserva ou Stravecchia

Essa grappa passa por um período de maturação por cerca de um ano e seis meses.

Grappa de vitigno

Apesar de não ser comum, alguns produtores fabricam grappas com uma única uva, normalmente a Moscato. Para que leve esse nome, o rótulo deve ter pelo menos 85% da casta escolhida.

Grappa Aromatizzata

Como o próprio nome dá a entender, a bebida é aromatizada com aromas de vegetais, como amora ou arruda.

Quais são as 6 marcas mais recomendadas da Grappa Italiana?

1 – Aguardente Miolo

preço-como-beber-500ml-grapa-o-que-e-bagaceira-graspa-uva-drink
Grappa de origem nacional, esse rótulo é feito com o bagaço de uvas tintas fermentadas. Apesar disso, a cor da bebida é branca, quase cristalina.

Apresenta um aroma elegante, aromático e delicado que lembra amêndoas, flores brancas, rosas, avelã, frutas secas e damasco.

No paladar é seco, com um bom equilíbrio de álcool, macio e com retrogosto de flores e frutas.

Prós:

  • Produto nacional;
  • Gosto de flores e frutas.

Contra:

  • Garrafa de 500ml.

Essa grappa da Miolo custa em torno de R$90,00.

2 – Tradicional Chesini

preço-como-beber-500ml-grapa-o-que-e-bagaceira-graspa-uva-drink
A grappa da Chesini é um dos rótulos que passa pelo envelhecimento em barris de madeira. Seu aroma é elegante e no paladar é marcante.

A semente e a casca da uva, após a fermentação, é posta em um pequeno alambique de cobre, onde todo o processo é feito de forma artesanal.

Prós:

  • É envelhecida;
  • Bom custo.

Contra:

  • Garrafa relativamente pequena, 700ml.

A garrafa custa cerca de R$77,00.

3 – Storia Merlot

preço-como-beber-500ml-grapa-o-que-e-bagaceira-graspa-uva-drink
Por utilizar as uvas usadas na confecção do vinho Storia, a grappa leva o mesmo nome. Este também é destilado em alambique de cobre e passa por um envelhecimento de cinco anos em barris de carvalho do tipo francês.

Prós:

  • Envelhecido;
  • Feito com uma única varietal.

Contra:

  • Valor um pouco mais alto.

O rótulo da Famiglia Valduga gira em torno de R$95,00.

4 – Fuoriclasse Barrique

preço-como-beber-500ml-grapa-o-que-e-bagaceira-graspa-uva-drink
A grappa italiana da Fouriclasse Barrique é produzida com uma mistura de várias aguardentes destiladas separadas, levando Merlot, Pinot Noir e Cabernet.

A bebida passa cerca de três anos em barricas, o que resulta em uma grappa de sabor suave e harmonioso e de cor âmbar.

Prós:

  • Produto italiano;
  • Envelhecida.

Contra:

  • Custo um pouco alto.

Para quem quiser degustar essa bebida, vai ter que desembolsar cerca de R$156,15.

5 – Imperiale Di Malvasia

preço-como-beber-500ml-grapa-o-que-e-bagaceira-graspa-uva-drink

Mais uma grappa feita apenas com uma uva, a Malvasia. O rótulo é criado por meio da destilação das cascas dessa fruta, o que dá à bebida um corpo estruturado e um aroma bem suave.

Prós:

  • Produto de uma única varietal;
  • Italiano.

Contra:

  • Garrafa pequena – 700ml.

O rótulo custa em torno de R$110,58.

6 – Stradivarius Moscato Italcoral

preço-como-beber-500ml-grapa-o-que-e-bagaceira-graspa-uva-drink
Também com uma varietal, essa grappa tem um bouquet elegante e fino. Seu sabor é de Moscato, frutas frescas com caroço, flores brancas e um toque final de pimenta branca.

Por ter um sabor mais adocicado, está entre os rótulos mais consumidos. Uma garrafa – aliás, que bela garrafa – custa cerca de R$278,00.

Prós:

  • É mais doce;
  • Garrafa com design incrível.

Contra:

  • Custo um pouco alto.

Como armazenar?

Como o álcool da grappa ataca as rolhas de cortiça, as garrafas devem ser armazenadas de pé, ou seja, na vertical. Além disso, é importante manter o rótulo longe do calor e da luz do sol.

Como é melhor para servir?

Assim como alguns vinhos, é de costume que ela seja servida em temperatura ambiente.

Além disso, a bebida é consumida em pequenos copos, preferencialmente após as refeições. Como citamos lá no começo do texto, o alcoólico era um remédio que ajudava na digestão, por isso é aconselhável consumi-lo depois do almoço ou do jantar.

Outro ponto importante é que a aguardente não é uma bebida de um gole só, mesmo porque se você fizer isso com um líquido que pode chegar em 54% de teor alcoólico, provavelmente você vai ficar bêbado instantaneamente. É um item que deve ser apreciado aos poucos e vagarosamente.

Uma dica: se você não é muito fã do gosto forte do item, basta servi-lo gelado, entre 10 e 18 graus. Não esqueça de servir em um copo pequeno e esperar 15 minutos antes de ingerir, esse tempo deixa ela mais saborosa.

Além de puro, você também pode pedir um expresso que leva a grappa em sua produção, ele é chamado de caffè corretto.

Você também tem algumas opções de drinks, como Grappa Tonic e versões com esse líquido que imitam a caipirinha, Cuba Libre e Mojito.

Como fazemos para harmonizar?

A grappa é mais indicada para ser consumida após a refeição, mas isso não quer dizer que ela não harmoniza bem com as comidas.

Neste caso, a bebida é um ótimo acompanhante com frutas, como pera, maçã, abacaxi, pêssego e frutas vermelhas. Vai bem também com sobremesas à base de amêndoas ou uma simples crostata. Isso para as grappas mais “jovens”.

Para os rótulos mais aromáticos, aposte em queijos com ervas, bavaroise de frutas ou massa napolitana.

Já àqueles que foram envelhecidos – de 9 a 20 anos -, harmonizam muito bem sobremesas a base de avelã, chocolate ou amaretto.

Conclusão

E você, já conhece ou já provou a grappa?

Caso não, não deixe de tomar uma pequena dose após aquele pratão de feijoada. Além de te ajudar a ter uma digestão mais fácil, a combinação é perfeita!

Referências:

https://www.grappamarolo.it/en/stories/what-is-the-bet-way-to-drink-grappa/

https://lifeinitaly.com/history-of-grappa/

https://www.grappamarolo.it/en/stories/pairing-grappa-and-chocolate/

https://www.wikihow.com/Drink-Grappa

Se gostou, por favor nos ajude e compartilhe!