Gastronomia

Vinho para a Ceia de Natal: Confira o Guia Completo!

vinhos-natal-qual-o-melhor-vinho-tipos-de-estudo-dos-o-que-e-degustaçao-melhores-tipos-para-acompanhar-bacalhau

O Natal é uma data que envolve muitos sentimentos, é quando lembramos que mais um ano está se encerrando e de que é hora de começar as tradições festivas, apesar de não ter neve no Brasil, a decoração e a data são importantes por aqui.

Reunir a família, troca de presentes, mostrar um pouco da magia as crianças e fazer um jantar diferente, e eis que surge a dúvida de qual é o melhor vinho para aquele prato que será servido.

Sabendo disso, separamos algumas dicas e sugestões para te ajudar a fazer a escolha dos vinhos para acompanhar você e sua família durante a ceia, algumas sugestões de receitas e dicas valiosas de como escolher o vinho mais adequado.

Quais são as principais características de um bom vinho para a ceia de Natal?

Vamos sugerir alguns pontos importantes para você escolher os vinhos para a ceia, mas essas dicas podem ser aproveitadas em outras ocasiões caso queira fazer uma boa harmonização.

  • Os espumantes são excelentes para essa ocasião, podemos optar desde os mais secos aos mais doces, pois harmonizam bem com sobremesas, como no caso dos elaborados com uvas moscatel, entradas e pratos leves.
  • No caso do vinho branco, busque vinhos mais estruturados que tenham passado por barris de carvalho durante sua maturação, pois a harmonização com pernil e carnes brancas é excelente. No caso do salmão, recomendamos um vinho de maior acidez.
  • O clássico vinho tinto deve ter equilíbrio, e estrutura média além de uma boa acidez e complexidade ao paladar, a chance de agradar a maioria dos seus convidados é garantida.

Aperitivos

Os espumantes são uma escolha excelente para acompanhá-los, geralmente servimos os aperitivos antes do momento da ceia. Caso você sirva torradinhas com patês tradicionais pode harmonizar o sabor com um Espumante Dancing Flame ou Talise Brut.

Se sua escolha for por uma tabua de queijos, a escolha será de acordo com os queijos servidos, queijos brie e semelhantes combinam com vinho branco, já queijos mais duros como o parmesão são ótimos com vinho tinto.

Entradas

Temos algumas sugestões de entradas que você pode preparar e harmonizar com vinhos excelentes, antes do grande momento, a ceia de Natal, todas as entradas que vamos citar são excelentes com espumante, nossa dica é o Victoria Geisse.

Vamos começar pelo cuscuz, uma receita tradicional do Nordeste, mas na versão paulista e mini faz desse prato uma ótima entrada, sendo fácil de preparar, o espumante é uma bebida que combina muito com esse prato.

O queijo brie empanado é delicioso e sua harmonização também pode ser feita com vinho rosé. Assim como a bruschetta de queijo brie com presunto de parma, aproveite ele com a nossa dica de espumante.

E como nossa última opção de entrada, linguiças espanholas, além de ótimas como entrada você pode deixa-las a disposição para que os convidados apreciem entre uma taça de vinho e outra durante as conversas.

Frutas da Estação

O Brasil como você sabe é um país tropical e na época das festividades estamos no verão por aqui, e com isso uma boa quantidade de frutas para aproveitar durante toda a época. Elas fazem parte tradicionalmente da mesa dos brasileiros.

As frutas na mesa carregam significados simbólicos, como é o caso das uvas que simbolizam a boa sorte. Harmonizar um bom vinho com as frutas da estação é mais simples do que parece.

Aposte em vinhos de boa acidez e com uma leve doçura, espumantes com uvas moscatéis são ótimas escolhas, assim como vinho branco elaborado com uvas Gewürztraminer.

Castanhas Secas

Castanhas e frutas secas são muito apreciadas nesta época do ano, são fáceis de manusear e beliscar durante uma taça de vinho e uma conversa. Para acompanhá-los vinhos amadeirados são uma excelente escolha assim como vinho do porto no estilho Tawny.

Panetone

Um dos primeiros sinais de que o Natal está próximo é ver nas prateleiras de mercado panetones de todos os sabores, além dos anúncios das fabricações de suas versões gourmet.

Para escolher o vinho que será responsável por acompanhar essa que é uma das tradições do Natal, basta checar quais os ingredientes que compõem o panetone, para que dessa forma o vinho escolhido não gere conflito de sabores.

Para os tradicionais panetones com frutas cristalizadas, vinhos que possuem notas frutadas são uma ótima opção. Uma combinação sem erro, são os elaborados com uvas Moscatel devido a sua leveza, notas frutadas e florais.

Os panetones com gotinhas de chocolate, não possui um sabor tão intenso e pedem por um vinho de frutas negras ou vermelhas, sempre na opção doce e com um teor alcoólico um pouco mais elevado, você pode optar pelo fortificado Marsala.

No caso dos panetones trufados ou recheados com chocolate, as vezes muito chocolate, o sabor é mais intenso e os vinhos licorosos são ótimos, devido a intensidade de sabor, tornando-se uma combinação grandiosa.

Para uma opção menos adocicada, como o panetone com nozes, um bom espumante doce é perfeito, nossa dica aqui é que você escolha por um espumante elaborado com uvas moscato.

Lentilha

Normalmente consumida no Ano-Novo, a lentilha faz parte da tradição de algumas famílias por ter como significado a prosperidade. Talvez você nunca tenha pensado em harmonizá-las com vinho, mas saiba que combinam e muito com a bebida. Você pode optar por um dos espumantes que já indicamos aqui ou com vinhos elaborados com uvas Cabernet Sauvignon.

Carne Vermelha

No caso das carnes vermelhas, a harmonização não possui tanto segredo, de acordo com a carne escolhida o vinho irá acentuar e balancear os sabores.

Um contrafilé, preparado como bife necessita de um vinho mais encorpado, como é o caso do clássico Malbec.

No caso da picanha, uma carne macia e com uma capa de gordura, aposte em um bom Cabernet Sauvignon, rico em taninos e acidez, para que os sabres fiquem equilibrados.

Uma carne mais gordurosa, como é o caso da costela, além de ser saborosa, pede um vinho encorpado. Por ser feita cozida, na maioria das vezes, e servida com molho, a harmonização é perfeita com um tinto Syrah.

Na opção de carne vermelha com pouca gordura, como é no caso do lagarto, preparado no forno ou panela de pressão, sua necessidade é por um vinho de baixo tanino, porém que possua acidez leve, um Pinot Noir de médio corpo é perfeito!

Peru / Chester

São carnes que harmonizam com vinhos capazes de acentuar o sabor, os assados de peru e chester geralmente são regados com alguma calda, que pode ou não ter vinho como um dos ingredientes. Para acompanhar a carne, vinhos feitos com uvas Pinot Noir são ótimos.

Caso você utilize um tempero agridoce ou o fizer com castanhas, pode optar por vinhos menos alcoólicos que contenham um frescor, como acontece com os vinhos elaborados com uvas Malbec.

Para aqueles que possuem mais apreço por vinho branco, podem apostar sem medo nos elaborados com uvas Poinot Grigio e Chardonnay.

Tender / Pernil

Muito consumidos nas festividades de fim de ano, harmonizam perfeitamente com vinho tinto, quase como uma combinação tradicional, os tintos com boa acidez e taninos acetinados feitos com uvas Pinot Noir e Merlot combinam com esse prato.

A carne de pato é rica em proteínas e ganha acidez devido ao molho de laranja, então a escolha do vinho deve levar em consideração estas duas características.

Pato

Apesar de não ser tão tradicional na mesa de natal dos brasileiros, o pato assado ao molho de laranja é uma ótima escolha para a ocasião, além de ser bem saboroso pode surpreender sua família e convidados.

Com essa receita ao molho de laranja a escolha de vinho jovens para harmonizar com esse prato é maravilhosa, preferencialmente os vinhos frutados que contém notas sutis e amadeiradas. Algumas sugestões são o Poggio Al Casone Chianti Superiore e Chânteau Bel-Air Raillon Côtes De Bourg.

Peixes e Frutos do Mar

Que peixes e frutos do mar combinam com vinho tinto, branco e rosé, todo mundo sabe. Essa versatilidade é uma ótima pedida pois é possível harmonizar com outros vinhos que já indicamos aqui, além disso, peixes são leves o que torna seu consumo uma ótima opção nas regiões mais quentes.

Dependendo de como o peixe será preparado, você pode optar por vinhos rosé como o Plateia Rosato e o Memoro Rosato, ambos são ótimos acompanhantes para pratos bem temperados e peixes mais tradicionais, como os assados em brasa e fritos.

Em caso de preparar o peixe com receitas da culinária nordestina, espumantes são os mais indicados devido ao frescor marcante que possuem, pois a acidez que essa categoria de vinho possui valoriza as receitas de sabor mais intenso.

Para frutos do mar como iscas de peixe, camarão frito e ostras, os vinhos brancos aromáticos e frescos são uma excelente escolha. Sua elaboração deve ser com as uvas Chardonnay e Sauvignon Blanc, com processo de maturação sem madeira.

Salmão

O salmão possui uma versatilidade maior e pode ser consumido cru, o que é muito comum na culinária japonesa, cozinho, grelhado ou ainda assado. Para cada uma dessas opções existem vinhos que harmonizam melhor.

Para o caso de ser servido cru, recomendamos um espumante, como o Espumante Brut, devido a leveza do salmão a combinação é mais do que perfeita.

Caso o salmão seja consumido nas outras formas, que já citamos, para harmonizar melhor, utilize vinhos que são elaborados com uvas Pinot Noir, são ótimas opções. Ainda é possível optar por um vinho rosé, mais elaborado e encorpado, essa escolha é sucesso garantido.

Bacalhau

A harmonização do bacalhau com vinho também depende do modo em que o peixe é preparado, ou seja, os acompanhamentos são os maiores responsáveis, por assim dizer, pelo vinho que acompanha o prato.

Caso o bacalhau seja preparado com queijo e batatas, o vinho de melhor acompanhamento é um tinto de corpo médio, taninos aveludados e uma boa acidez, porém um vinho branco intenso e cremoso também é uma boa escolha para esse prato.

Vegetariana

Não esquecemos dos nossos leitores vegetarianos, para vocês e aqueles que gostariam de apostar em receitas sem carne, também é possível incluir um bom vinho para acompanhar os pratos que serão servidos durante a ceia.

Caso você prepare uma lasanha vegetariana que leva tofu, pode harmonizar com vinhos brancos elaborados com uvas Pinot Gris ou Chardonnay. Uma caçarola de vegetais e lentilha combina com tintos do sul da Itália e sul da França.
No caso de massas com molho de tomate, aposte em tintos mais leves como Pinot Noir. E para risoto de cogumelos combina com um excelente Cabernet Sauvignon.

Caso você participe de uma ceia vegetariana pode presentar os anfitriões com um desses vinhos, eles combinam com muitos pratos que não utilizam carnes.

Sobremesas

Uma das maiores delícias do Natal são as sobremesas, os doces deliciosos que são servidos e assim como os demais pratos também é possível combinar com vinho.

A rabanada é uma das mais tradicionais, feita frita, levando canela e açúcar para finalizar, essa combinação precisar de um vinho mais doce e ácido para harmonizar de forma equilibrada. Sugerimos espumantes para essa sobremesa devido a gordura que possui.

Caso você faça uma sobremesa como o pudim de leite, amado por muitos, saiba que também é possível harmoniza-lo com vinho, podendo escolher entre um vinho do porto ou por um vinho elaborado com uvas Moscatel.

Conclusão

O vinho está presente em diversas comemorações e momentos marcantes, no Natal não é diferente. Como vimos existem muitas opções de vinhos e pratos para sua ceia, seja ela com amigos, família ou pessoas que são importantes para você.

Caso você não seja o anfitrião das festividades, não renuncie à oportunidade de degustar uma das nossas opções ou escolher um vinho com base nas dicas que demos até aqui, o importante é apreciar o momento com uma boa bebida.

Esperamos que nossas dicas te acompanhem e que seu Natal seja o mais incrível possível ao lado das pessoas que ama.

Referências:

https://www.thedrinksbusiness.com/2019/12/the-best-wines-to-drink-with-christmas-dinner/

https://blog.vinfolio.com/2017/12/05/choosing-best-wine-christmas-dinner/

Se gostou, por favor nos ajude e compartilhe!