O que é Enoturismo? Como Escolher a Melhor Rota dos Vinhos?

enoturismo-serra-gaucha-melhor-rota-dos-vinhos-experiencias

Existem várias maneiras de se preparar para fazer uma viagem, você já deve ter ouvido falar de quem viaja com o intuito de ver museus e lugares históricos de um país, mas já pensou no Enoturismo como um ponto de partida para conhecer novos lugares e sabores?

Se ainda não havia pensado nessa modalidade de turismo ou apenas não a conhecia, vamos te apresentar essa opção de viagem, algumas dicas para se preparar com calma e de forma mais assertiva possível.

Viajar é sempre uma aventura e incluir no seu roteiro o Enoturismo, ou fazê-lo exclusivamente não é diferente. Então sirva uma taça do seu vinho favorito e nos acompanhe para saber mais sobre seu próximo destino como turista.

O que é Enoturismo?

É um modelo de viagem em que o turista tem como objetivo visitar vinícolas de diferentes estados ou países, degustando vinhos, conhecendo as uvas que são cultivadas no local, o processo de fabricação dos vinhos e a história do local.

Normalmente é praticado por enólogos e apreciadores, este tipo de viagem é interessante pois você não precisa ficar exclusivamente focado em conhecer as vinícolas, pode mesclar com outros pontos turísticos.

Existem algumas práticas no enoturismo bem comuns:

  • Passeio por parreiras;
  • Almoço harmonizado;
  • Se hospedar em um hotel vinícola;
  • Participar da vindima (colheita das uvas e pisar nelas de forma simbólica);
  • Ter aulas sobre vinhos.

Vale lembrar que você pode fazer este tipo de turismo em família, como é algo livre vocês podem turistar por outros locais, como museus, parques e pontos turísticos. O planejamento é a chave para bom proveito do trajeto.

Como Funciona?

Se você está pensando em incluir vinícolas e produtoras de vinho em sua próxima viagem, além do destino é importante ter uma noção prévia dos produtores que existem na região e quais rótulos são produzidos.

Ou seja, assim como qualquer roteiro de viagem o planejamento é o primeiro grande passo. Não precisa ser algo maçante, procure fazer dele o mais divertido, enquanto pesquisa por vinícolas em lugares que sempre quis visitar, você pode descobrir muita coisa boa.

Neste tipo de turismo você vai conhecer a história daquele vinho, da família que está por trás daqueles rótulos, vai saber quais são as uvas cultivadas, o tempo de colheita, maturação, enfim todo o preparo do vinho e no fim participar de uma degustação dos vinhos da casa.

O ponto de partida aqui é descobrir para onde você deseja ir, os princípios básicos da fabricação do vinho são um ponto de partida, mas cada local conta uma história e você pode querer descobrir mais sobre o país e ainda provar vinhos incríveis.

Conhecer um outro país que sempre quis, descobrir uma vinícola pequena, cheia de tradição e história e que pode te proporcionar momentos inesquecíveis durante seu passeio.

Como programar a melhor rota?

Após escolher seu destino, seja exclusivamente para o Enoturismo ou não, algumas características são bem parecidas, verificar o local onde você vai se hospedar, clima, dias de férias, valor que irá precisar e principalmente se quer voltar para casa com algumas garrafas.

Você pode optar por acessar o site das vinícolas das maiores as menores, não ignore os pequenos produtores, você pode se surpreender com as histórias que terá contato. Ou ainda utilizar um mapa enoturístico que pode facilitar sua vida.

Ao acessar o site das produtoras do destino escolhido você pode descobrir o que faz parte da visitação, existem diversas atrações que você pode participar além da visitação e até mesmo aprender a como fabricar seu próprio vinho.

Uma dica importante é saber se os locais que deseja visitar, estão de portas abertas aos turistas, algumas vinícolas não estão à disposição de visitação e isso você vai descobrir durante o planejamento.

Existem algumas boas opções para começar a viajar no Brasil, como produtores de vinhos com uma qualidade excelente. A Serra gaúcha é detentora do roteiro mais tradicional que temos para o enoturismo. É uma ótima opção para começar!

A cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul conta com a Vinícola Ravanello, uma das referências no mercado, e proporciona o turismo voltado para degustar seus vinhos mais conhecidos. Ela possui cinco horários fixos para visitação e não é necessário agendar com antecedência.

O vale do São Francisco, está localizado na divisa entre Bahia e Pernambuco, um roteiro que vem ganhando força para este tipo de turismo. A região é famosa por sua agricultura ser irrigada com as águas do rio velho Chico.

As uvas produzidas na região são grandes, suculentas e de uma excelente qualidade, o que encorajou várias vinícolas a se consolidarem no entorno. Dizem que o sol característico da região acentua o sabor das uvas na bebida.

No sertão nordestino, algumas variedades são cultivadas, entre elas a Syrah que é destaque ao ponto de ser comparada com as melhores uvas cultivadas em todo mundo, irresistível!

Dentre as produtoras do local, as principais vinícolas são: Botticelli, Ouro Verde e Santa Maria. O turismo irá te proporcionar inúmeras sensações, você bebera vinho, poderá passear de barco pelas águas do famoso rio São Francisco, além de comer da comida local.

Caso queira se aventurar fora do Brasil, existem ótimas opções para conhecer vinícolas ao redor do mundo, Argentina, Portugal, Chile, Estados Unidos, França e África do Sul, estão entre os mais citados, mas existem outras regiões aguardando por você.

Após saber um pouco mais sobre as opções de destino no Brasil e os países que se pode começar a pesquisar sobre o Enoturismo você vai notar que planejar sua viagem com certeza ficará mais divertida e direcionada.

Como dissemos, vale muito a pena marcar sua viagem e mesclar a visita aos produtores com outros pontos turísticos locais, a sua viagem vai ser repleta de passeios engrandecedores.

Conclusão

O Enoturismo pode parecer muito difícil a primeira vista, principalmente para quem não está acostumado a viajar, com pontos turísticos, locais de visitação e tudo mais, mas o segredo está no planejamento da viagem.

Após pesquisar e anotar nossas dicas, com certeza será muito mais fácil para você pensar em uma rota de viagem e se programar, lembrando que é possível mesclar esse turismo com outras atividades que também agradem você e quem for te acompanhar.

Referências:

https://www.winenium.com/what-is-enotourism/

https://www.winenium.com/what-is-enotourism/