vinhos

Quais os 15 Melhores Vinhos da África do Sul Bons e Baratos?

vinho-africa-italia-africano-contem-resveratrol-portugueses-chile

No celular gire a tela para ver a tabela completa

PosiçãoVinho da África do SulPreçoOnde Comprar
1Glen Carlou Gravel Quarry Cabernet Sauvignon 2020R$149,86Ver
2Out of Africa Pinotage 2014R$82,00Ver
3Glen Carlou Quartz Stone Chardonnay 2013R$129,05Ver
4Kleine Rust Chenin Blanc Sauvignon Blanc 2015R$117,00Ver
5Diemersdal Wild Horseshoe Sauvignon Blanc 2018R$84,61Ver
6Rhebokskloof vineyard Selection pinotage 2016R$74,57Ver
7Robertson Chapel Red Cabernet Sauvignon Merlot 2017R$96,48Ver
8Guardian Peak Shiraz 2016R$193,54Ver
9Porcupine Ridge Syrah 2018R$157,56Ver
10Barista Pinotage 2020R$174,21Ver
11The Wolftrap Red Blend 2019R$123,74Ver
12Vinologist Syrah 2018R$187,83Ver
13Danie de Wet Chardonnay 2020R$130,74Ver
14Kadette Pinotage Rosé 2020R$125,69Ver
15Porcupine Ridge Cabernet Sauvignon 2019R$167,42Ver

Se te perguntamos quais são os melhores países quando o assunto é um vinho de qualidade, é bem provável que você vá pensar em alguns rótulos brasileiros, além dos europeus e dos hermanos chilenos e argentinos, não é mesmo?

E realmente estes são locais com excelentes vinhos. Mas que tal mudar um pouco essa rota e dar uma “passada” no continente africano, mais precisamente África do Sul.

Pois é, apesar de não ser tão conhecido, pelo menos por aqui, a África do Sul não só produz bebidas de altíssima qualidade, como é um dos dez maiores produtores de vinhos do mundo.

Os rótulos sul-africanos são conhecidos por trazerem a elegância dos vinhos da Europa junto com a intensidade dos alcoólicos do Novo Mundo, ou seja, vai agradar os consumidores mais novos e também os mais “conservadores”.

Logo adiante separamos os 15 melhores vinhos sul-africanos para você experimentar.

Quais as principais características dos vinhos da África do Sul?

E o que esperar das bebidas dessa região? Isso vai depender, obviamente, do tipo de uva usado na garrafa que você escolheu. Mas, de modo geral, os vinhos da África do Sul são equilibrados, finos, saborosos e, o melhor de tudo, tem um ótimo custo-benefício – essa é a melhor palavra de todas para os amantes dessa bebida.

Mas, por exemplo, os vinhos fabricados com uvas pinotage, a casta mais difundida na região, será uma bebida bem encorpada, intensa e com um aroma bem característico.

Além do pinotage, o país também trabalha com uvas francesas, como Cabernet Sauvignon, Merlot e Syrah. Ah, e além de ser um dos dez maiores produtores de vinho, a África do Sul também é conhecida por fabricar excelentes rótulos brancos.

Agora chega de papo e vamos ao que interessa: as indicações dos rótulos sul-africanos.

1 – Glen Carlou Gravel Quarry Cabernet Sauvignon 2020

Vinho feito apenas com uvas Cabernet Sauvignon, esse rótulo passa cerca de um ano e seis meses em barricas de carvalho francês novos.

Detém um aroma bem presente de cassis, ameixas e um toque de flores, alcaçuz e tabaco. É uma bebida mais potente e madura, com taninos finos e de excelente textura, além de uma boa acidez, que faz esse vinho ter um ótimo equilíbrio.

Já para acompanhá-lo em um jantar, aposte em pratos com carne vermelha, cordeiro e aves.

No quesito valor, esse rótulo gira em torno de R$149,86.

2 – Out of Africa Pinotage 2014

Claro que não poderia faltar a uva queridinha da África do Sul. Rótulo feito unicamente com essa varietal, a bebida passa em carvalho francês por quatro meses.

Trata-se de um vinho suculento e muito bem estruturado, com taninos de ótima textura, uma acidez gostosa de sentir na boca, além de um final bem agradável, evidenciando as características da pinotage.

Já no quesito aromas, é uma bebida que traz cheiros de ameixa, notas florais, especiarias doces e ervas.

Essa belezura custa cerca de R$82,00 e cai como uma luva com pratos carne de vaca, de caça e aves.

3 – Glen Carlou Quartz Stone Chardonnay 2013

Mais um rótulo com uma única varietal, mas neste caso com uvas Chardonnay.

Esse vinho branco passa 90% da sua fermentação com leveduras indígenas dentro de barris de carvalho francês e os outros 10% em ovo de concreto.
Após esse período, ele ficará por mais onze meses no mesmo local.

Se você aprecia um vinho mais potente, então esse rótulo é para você.

Seu aroma é de flores, frutas tropicais, especiarias doces e manteiga. Todas essas características são muito bem equilibradas por conta da acidez refrescante presente neste rótulo.

Na boca apresenta uma textura cremosa, com um bom volume, um final cheio e persistente, com toques de abacaxi em caldas e camomila.

No quesito harmonização, combine-o com carne de porco, peixes gordurosos e pratos vegetarianos.

Para experimentar esse sul-africano você terá que desembolsar R$129,05.

4 – Kleine Rust Chenin Blanc Sauvignon Blanc 2015

Feito com 83% de uva Chenin Blanc e 17% de Sauvignon blanc, esse vinho não passa por nenhum período na madeira.

É um rótulo com bastante tensão, com ótima textura e muito frescor. No olfato, traz cheiros de frutas cítricas e tropicais, com um toque de notas minerais, florais e ervas frescas.

Na boca é bem volumoso, com um boa acidez e um final com toques de sal e de lima.

Esse vinho vai bem tanto acompanhado com pratos asiáticos picantes, quanto sozinho, e deve ser servido sempre bem gelado.

Você encontra esse vinho a partir de R$117,00.

5 – Diemersdal Wild Horseshoe Sauvignon Blanc 2018

Esse Sauvignon Blanc é diferente dos rótulos que são feitos com essa uva. Ao invés de ter um sabor de capim-limão, ele é uma versão mais ousada que passa por carvalho. Isso faz com que a bebida tenha um gosto de frutas tropicais decorrente da fermentação por um longo período com a casca da uva.

Para harmonizar, ele combina bem com pratos vegetarianos e mariscos.

A garrafa gira em torno de R$84,61.

6 – Rhebokskloof vineyard Selection pinotage 2016

Rótulo direto da região de Cabo Ocidental de Paarl, é uma bebida sedosa com sabores de frutas vermelhas escuras e um aroma esfumaçado.

Para te acompanhar no almoço ou no jantar, opte por refeições com carne de vaca, de caça ou aves.

Com um ótimo custo x benefício, a garrafa custa R$74,57.

7 – Robertson Chapel Red Cabernet Sauvignon Merlot 2017

Como o próprio nome já dá a entender, esse rótulo é um blend entre Cabernet Sauvignon e Merlot.

Tem um aroma de frutas maduras e herbáceas. No paladar se mostra envolvente, macio e com um excelente equilíbrio. Ele é um vinho de guarda, podendo ser armazenado por até cinco anos.

Vai fazer pizza, rosbife, cordeiro, carne assada, massas e cozidos? Esse rótulo é a escolha perfeita.

Além disso, tem um ótimo custo-benefício, com a garrafa custando a partir de R$96,48.

8 – Guardian Peak Shiraz 2016

Elegante, esse Shiraz conta com um delicioso aroma de frutas maduras. Aliás, ele é um excelente exemplar com as características mais comuns dos vinhos sul-africanos: uma mistura das bebidas do novo e velho mundo.

Passa por maturação de seis meses em barricas de carvalho americano, e também tem um ótimo potencial de guarda, cerca de cinco anos.

No momento da harmonização invista em pratos com carne vermelha e cordeiro.

Você garante esse rótulo por R$193,54.

9 – Porcupine Ridge Syrah 2018

Esse Syrah é de fabricação da Boekenhoutskloof, considerada o maior especialista da África do Sul desta casta.

É um vinho com muito estilo e intenso. Ele vai bem com pato, avestruz e carnes grelhadas.

Seu preço é de R$157,56.

10 – Barista Pinotage 2020

Mais um pinotage para a lista. É um vinho suculento e delicioso, traz um aroma cheio de frutas maduras e um toque bem presente de café, ameixas e chocolate.

O rótulo passa por uma fermentação parcial em barricas tostadas de carvalho.

Podendo ser armazenado por até cinco anos, esse pinotage cai como uma luva com massas e carnes, no geral.

Você encontra a garrafa com valores a partir de R$174,21.

11 – The Wolftrap Red Blend 2019

The Wolftrap é produzido com uma enorme variedade de uvas tintas. Mostra-se uma bebida saborosa e bem fácil de agradar qualquer tipo de paladar.

Seu corpo é médio e passa por uma vinificação tradicional, além de ficar um ano em barricas de carvalho francês.

Combina com carnes, massas e fica perfeito com risoto de cogumelo.

Tem também um ótimo preço: R$123,74.

12 – Vinologist Syrah 2018

A linha Vinologist da Boekenhoutskloof tem como intuito trazer uma bebida com a menor intervenção possível durante a sua vinificação.

O resultado – junto com o Terroir, obviamente – é um tinto rico e exuberante, com aromas fortes de violeta, frutas do bosque e especiarias.

Já no paladar tem uma ótima textura, é fresco e macio.

Ele vai bem com carnes vermelhas, grelhadas ou assadas.

O valor unitário fica custando em torno de R$187,83.

13 – Danie de Wet Chardonnay 2020

Complexo, esse branco traz toda a profundidade da uva usada em sua fabricação. Ele passa por um longo período em contato direto com as borras, o que faz ele ganhar bastante corpo.

Não é um vinho de guarda, então não invente de comprar para guardar por muito tempo.

Este delicioso vinho combina bem com frutos do mar e peixes.

Tem um bom custo-benefício com a garrafa custando em média R$130,74.

14 – Kadette Pinotage Rosé 2020

Mais um rótulo feito apenas com pinotage, mas desta vez do tipo rosé. É um vinho encorpado, persistente e com aromas de frutas e florais, bem típico dessa casta.

Pode ser tanto ingerido como um aperitivo, como acompanhado de peixes, mariscos, massas e pratos leves.

Custa a partir de R$125,69.

15 – Porcupine Ridge Cabernet Sauvignon 2019

Cabernet Sauvignon com uma boa presença na boca. É gostoso e saboroso, com maturação em barricas de carvalho. Encorpado e vai bem com cordeiro e outras carnes no geral.

O seu preço gira em torno de R$167,42.

Onde comprar?

Dificilmente você vai achar um vinho da Africa do Sul no supermercado, a não ser que o catálogo do local seja bem grande e variado. Sendo assim, recomendo que você garanta o seu rótulo diretamente na internet.

Usei sites de sua confiança ou procure sempre por certificações e comentários de quem já comprou os produtos pelo site.

Conclusão

O mundo dos vinhos não deixa de surpreender. Aposto que você não sabia que a África do Sul produz excelentes vinhos. Bom, mas agora que você sabe, que tal provar alguns, hein?!

Referências:

https://www.foodandwine.com/wine/guides-south-african-wines

https://iwsc.net/news/wine/top-10-south-african-red-wines

https://www.totalwine.com/wine/south-africa/c/000289

Se gostou, por favor nos ajude e compartilhe!