vinho Château Mouton-Rothschild 1982
vinhos

Os 10 Vinhos Mais Caros do Mundo

No celular gire a tela para ver a tabela completa

PosiçãoVinhoPreçoOnde Comprar
1Domaine de la Romanée-
Conti Romanée-
Conti Grand Cru
R$53.619,20Ver
2Egon Muller-Scharzhof
Scharzhofberger Riesling
Trockenbeerenauslese
R$32.170,10Ver
3Domaine Leroy Musigny
Grand Cru
R$25.812,05Ver
4Domaine Leflaive Montrachet Grand CruR$24.321,05Ver
5Domaine Georges & Christophe Roumier Musigny Grand CruR$21.701,15Ver
6Domaine de la Romanée-Conti Montrachet Grand CruR$18.637,50Ver
7Joh. Jos. Prum Wehlener Sonnenuhr Riesling TrockenbeerenausleseR$17.324,00Ver
8Domaine Leroy Chambertin Grand CruR$14.231,95Ver
9Leroy Domaine d’Auvenay Mazis-Chambertin Grand CruR$13.905,35Ver
10Domaine Leroy Richebourg Grand CruR$12.389,50Ver

Conheça os nomes, marca, de qual adega eles vieram, os tipos de uvas, se é tinto, branco, amarelo, rose ou espumante. Veja como é feito, a qual safra e região pertencem, seu preço e onde comprar

O vinho, bebida tão antiga e estimada até os dias atuais tem relatos de seu primeiro aparecimento na história há cerca de 3000 AC sendo usada como artifício medicinal. Mas como tudo o que é bom, com o passar do tempo pôde ser aprimorada e utilizada em outras finalidades.

Hoje, na missão de satisfazer muitos paladares, existem variadas marcas no mercado que valorizam a história de cada garrafa – e as precificam por isso – reconhecendo o seu valor na atualidade.

Nem sempre é verdadeira a afirmação que diz quanto mais antigo um vinho, melhor é o seu sabor e mais caro ele é, vale ressaltar que tem muitos recentes que estão surpreendendo. Por isso, listamos aqui os 10 vinhos mais caros do mundo para que você possa conhecê-los e quem sabe, fazer a sua escolha ideal!

1 – Domaine de la Romanée-Conti Romanée-Conti Grand Cru

O produtor Domaine de La Romaneé-Conti é o mais famoso e admirado no mundo. Seu vinhedo possui menos de 2 hectares, e sua produção é bem limitada, com aproximadamente 5 mil garrafas por ano.

Além disso, as suas garrafas mais caras tem um teor histórico muito interessante, o que faz ganhar a admiração de muitos apreciadores da bebida: as safras mais antigas tem data de 1945, que coincide com o término da II Guerra Mundial.

Logo, em meio a todo o caos no mundo, o produtor conseguiu produzir vinhos que perduram até os dias de hoje. Inclusive, sua garrafa mais cara, do ano de 1945 foi vendida em Outubro de 2018 por US$ 558 mil. Atualmente, as safras mais recentes tem valor médio de R$53.619,20 por garrafa.

https://www.wine-searcher.com/find/domaine+de+la+romanee-conti+romanee-conti+grand+cru

2 – Egon Muller-Scharzhof Scharzhofberger Riesling Trockenbeerenauslese

A produção deste vinhedo da família Müller também tem história, pois os primeiros vinhos mais conhecidos tem relatos de visibilidade por volta de 1900. Além da produção ser um legado que foi passado de geração a geração, a mesma possui um trato completamente artesanal.

Isso porque não se usam pesticidas nos vinhedos e os fertilizantes são completamente orgânicos. Para manter a produtividade é realizada intensa aragem e os vinhedos mais velhos são os mais valorizados e protegidos.

Tais produtores mantém estes valores e diferenciais até o dia de hoje, a fermentação do vinho é realizada em cascos de madeira, sem controle de temperatura e com uvas selecionadas, praticamente colhidas uma a uma.

O preço médio de cada garrafa atualmente é de R$32.170,10.

https://www.wine-searcher.com/find/egon+muller+scharzhofberger+riesling+tba+wiltingen+saar+mosel+germany

3 – Domaine Leroy Musigny Grand Cru

Entre os principais produtores deste vinhedo, destaca-se Lalou Bize-Leroy que foi conhecida como uma mulher de negócios em destaque na área de vinhos, na Borgonha. Em 1990 ela nomeou Domaine Leroy como uma das principais vinícolas do país.

A marca é reconhecida como a responsável por produzir os melhores vinhos vermelhos e é produzida na França. Por ser um tipo de produção extremamente exclusiva, suas garrafas atuais giram em torno de R$25.812,05.

https://www.wine-searcher.com/find/domaine+leroy+musigny+grand+cru

4 – Domaine Leflaive Montrachet Grand Cru

Considerada como a melhor produção de vinho branco no mundo, o vinhedo Montrachet é localizado em uma área cuja as características geográficas do local, como solo e altitude contribuem para o sabor diferenciado deste tipo de vinho, uma espécie de milagre da natureza.

Atualmente este vinhedo é constituído por 4 hectares e a fermentação é realizada em barricas de carvalho, de forma mais natural possível. A procedência da madeira para a fermentação é praticamente uma exigência, pois ela colabora com o resultado final tão valorizado por seus degustadores.

Logo após os vinhos são armazenados por 6 meses em cubas internas para que só assim, possam ser engarrafados e distribuídos. Atualmente cada garrafa é vendida no mercado pelo preço médio de R$24.321,05.

https://www.wine-searcher.com/find/domaine+leflaive+montrachet+grand+cru

5 – Domaine Georges & Christophe Roumier Musigny Grand Cru

Através de um vinhedo conquistado por meio do dote de sua esposa, Georges Roumier começou sua longa trajetória de sucesso com o um tipo de cultivo e preparo dos vinhos todo especial, que logo ganhou fama e reconhecimento desde 1924 e vem assim, passando de geração em geração até os dias de hoje.

Para a família, as vinhas velhas são valorizadas, sendo replantadas somente após seus 50 anos. Além disso, a fermentação é natural, os vinhos não são filtrados e a colheita é feita de forma mais tardia do que os demais produtores.

Todo esse cuidado resulta em um sabor extremamente diferenciado que resulta em garrafas de até R$ R$21.701,15 atualmente.

https://www.wine-searcher.com/find/domaine+georges+christophe+roumier+musigny+grand+cru

6 – Domaine de la Romanée-Conti Montrachet Grand Cru

Novamente em destaque, outro vinho da da Domaine de La Romanée-Conti aparece no ranking dos 10 mais caros do mundo. Isso dado devido a qualidade e as especificidades já comentadas acima em nosso vinho número 01.

Desta vez, as particularidades desta vinha em questão é que ela possui idade média de 62 anos de idade, ocupa um espaço máximo de 0,67 dos hectares e cada garrafa é avaliada em torno de R$18.637,50.

https://www.wine-searcher.com/find/domaine+de+la+romanee-conti+montrachet+grand+cru

7 – Joh. Jos. Prum Wehlener Sonnenuhr Riesling Trockenbeerenauslese

Manfred Prüm e sua filha, Katharina percursores do chamado “melhor vinho doce” possuem um detalhe bem peculiar em sua história que transcende a produção de vinhos: ambos foram formados em direito e chegaram até o doutorado em suas carreiras.

Nada disso impediu a paixão pela vinícola que também foi passada de geração em geração até chegar nas mãos do doutor Manfred. Muito pelo contrário, embora tenha decidido seguir uma profissão contraditória, quando teve a possibilidade de assumir o negócio realizou muito mais do que tudo que já havia sido construído até então.

Atualmente cada garrafa custa cerca de R$ R$17.324,00 fazendo jus ser mencionada em nossa seleção para você.

https://www.wine-searcher.com/find/joh+jos+prum+wehlener+sonnenuhr+riesling+trockenbeerenauslese

8 – Domaine Leroy Chambertin Grand Cru

Outro vinho que merece destaque da Família Leroy, já mencionada em nosso número 3, é produzida na vinícola Le Chambertin, também situada na Borgonha sendo destaque nas produções Grand Cru da região.

Atualmente cada garrafa desta produção é avaliada em cerca de R$14.231,95.
https://www.wine-searcher.com/find/domaine+leroy+chambertin+grand+cru

9 – Leroy Domaine d’Auvenay Mazis-Chambertin Grand Cru

Outra pérola entre os vinhos Leroy, o vinhedo Grand Cru Mazis-Chambertin também ganha destaque nas produções de sucesso da família, valorizando ainda mais a marca como também o preço médio de cada garrafa.

Atualmente, estes exemplares são vendidos a cerca de R$13.905,35.

https://www.wine-searcher.com/find/leroy+domaine+d’auvenay+mazis-chambertin+grand+cru

10 – Domaine Leroy Richebourg Grand Cru

E para finalizar nossa seleção com grande estilo, outro vinhedo de reconhecimento da família Leroy, o de Richebourg aparece como o nosso último colocado, o que neste caso, ainda assim é um motivo de grande privilégio considerado o contexto de nossa matéria.

Com certeza os segredos cultivados pelos Leroys foram imprescindíveis para criar vinhos extremamente saborosos e bem avaliados no mercado. Neste caso em específico cada garrafa chega a custar R$12.389,50

https://www.wine-searcher.com/find/domaine+leroy+richebourg+grand+cru

Chegando ao fim é possível entender o porquê tais exemplares merecem tanto valor atualmente. Não se tratam de simples produções, cada uma delas possuem particularidades, segredos de família, paciência, cuidado constante e uma forma completamente artesanal de produção.

Neste caso, o valor agregado passa a ser superior ao de simples uvas colhidas e tratadas, mas a história e cada detalhe passa a ser valorizado tornando estes vinhos dignos da posição ocupada

Se gostou, por favor nos ajude e compartilhe!